Mergulhadores devem ou não manipular animais marinhos?

Será que podemos tocar em toda vida marinha?

O animal vai me ferir ou sou eu quem vai ferir o animal?

Estas são questões interessantes, vou responder todas as perguntas, mas antes falarei um pouco sobre vida marinha. Sou mergulhador há mais tempo que sou Biólogo, portanto sem duvida uma coisa me levou a outra. Os animais marinhos e a paixão pelo mar me levaram a querer compreender melhor todas aquelas criaturas estranhas que via quando mergulhava. Pedras cabeludas, peixes voadores, plantas que andam, morcegos que nadam, tudo muito estranho e ao mesmo tempo fascinante. Com o tempo e o estudo fui descobrindo alguns segredos dos mares, hoje com mais de 30 anos de mergulho ainda há muita coisa a se aprender, mas algumas experiências já me fizeram entender que não devemos ir colocando as mãos em qualquer animal marinho, e ate mesmo pedras que parecem ser inanimadas, na verdade estão repletas de vida. Respondendo as perguntas, devemos ter cuidado e conhecimento quando o assunto é tocar nos seres vivos, alguns peixes como o cavalo marinho são espécies muito delicadas e se estressam com facilidade, podendo ate morrer ou o macho que cuidando dos filhotes, se sentindo ameaçado abandona a cria.

Muitas vezes vejo mergulhadores experientes manipulando animais marinhos com certo descaso, como quando vi um mergulhador tentar mexer em uma ‘’raia treme treme’’(Narcine brasiliensis). Temos que ter critérios e principalmente bom senso, caso contrario podemos matar o animal ou sermos feridos por ele. Nesse caso da “raia treme treme” fatalmente o mergulhador iria tomar uma descarga elétrica e talvez nunca mais mergulharia ou mexeria em outro animal. Para evitar este tipo de erro devemos nos informar. A dica é perguntar aos mergulhadores mais experientes ou se informarem com os caiçaras, mestres e marinheiros da embarcação que esta te levando ao ponto de mergulho. Além de aprender, garanto que estas pessoas simples vão dar uma aula para vocês. É claro que um bom curso de Biologia Marinha voltado a mergulhadores também seria uma ótima nativa!